Podcast CBN

O trabalho é a melhor e a pior das coisas

20/11/2020

O trabalho concretamente é a nossa obra, e não o nosso emprego. Tem que ser livre, como uma realização, e não como um suplício.

Entre o inédito e o idêntico vamos construindo nossa identidade

19/11/2020

Mario Sergio Cortella fala sobre recriação necessária, a permanência protetiva. Ele cita nossa capacidade de reinvenção e de renovação. Cortella destaca que cada pessoa tem um modo de confronto entre o inédito e o idêntico.

A crença é lógica, mas não é obrigatória

18/11/2020

Mario Sergio Cortella fala sobre crença lógica, a fé obrigatória. A necessidade racional para algumas pessoas de terem a crença como sendo algo que decorre do pensamento de que haja uma logicidade.

Embora a vida tenha a morte como conclusão, isso não significa que a gente se conforma

17/11/2020

Mario Sergio Cortella fala sobre reverência especial, a presença contínua. O tema da reflexão se refere aos mortos pela Covid-19. Essas perdas não podem ser colocadas apenas como um objeto da normalidade.

Das derrotas se tiram lições, mas a preferência é sempre pela vitória

16/11/2020

Mario Sergio Cortella fala sobre empenho exaustivo, o sonho desfeito. O dia seguinte em várias situações é sempre um tempo de reflexão, meditação, revisão e, ao mesmo tempo, de reinvenção. Para ajudar na reflexão, ele cita um trecho de Dom Quixote, de Miguel de Cervantes: para os vencidos o bem se transforma em mal e o mal em pior.

A importância e a insignificância de cada pessoa na multidão

13/11/2020

Mario Sergio Cortella destaca que é preciso lembrar que cada pessoa é uma entre milhões de outras e que, embora cada uma seja única, não pode haver nenhum tipo de arrogância a ponto de alguém achar que está acima dos demais.

Que presente você vai deixar para a humanidade?

12/11/2020

Mario Sergio Cortella fala sobre partilha interior, a entrega essencial. Aquilo que faz parte do nosso ser e que a gente passa adiante como conhecimento, como afeto e como cuidado.

A falta de consenso pode levar à ruína

11/11/2020

Mario Sergio Cortella fala sobre integridade necessária, a solidez ameaçada. Ele cita um trecho do Sermão do Santíssimo Sacramento, de Padre Antônio Vieira, para reforçar a reflexão sobre o tema.

Não espalhe e sempre desconfie do estão dizendo por aí

10/11/2020

Mario Sergio Cortella fala sobre o ruído vazio, o indício simulado. Cortella diz que algumas pessoas usam a noção do ?estão dizendo por aí? como sendo a confirmação de um fato.

A tirania raramente precisa de pretexto

09/11/2020

Mario Sergio Cortella fala sobre razão brutal, o argumento dispensável. Pessoas que vivem anunciando rupturas, fazendo ameaças e indicando situações em que haverá a quebra daquilo que é o ordenamento e a paz social dentro da busca de consenso.