O que é isso?

Mario Sergio Cortella

Filosofia é um modo de pensar – sistemático, organizado e metódico com questões precisas daquilo que se faz – para indagar sobre os porquês. E por que não é como. Quem pergunta pelo como é a ciência.

A Filosofia se preocupa em pensar as razões da existência. Pensar aquilo que, de fato, faz com que o ser humano tenha sentido. Por exemplo, do que é feita a realidade? Por que é deste modo e não de outro? Qual o propósito que as pessoas dão à vida? Qual o lugar do mal dentro disso? A felicidade existe ou é ilusão? Por que existe alguma coisa, em vez de nada existir? Por que as coisas são como são? Por que eu estou nessa rota? Qual a origem do mal? Por que nós somos finitos? Para que existimos para depois deixarmos de aqui estar? Será que essa ideia de amizade em que chamamos todo mundo de “amigo” não é superficial?

Ao levantar questões dessa natureza, a Filosofia nos conduz a reflexões sobre a condição humana, e muitas vezes sobre questões que nos angustiam. Não do mesmo modo como faz a Psicanálise e a Psicologia, tampouco como faz a área da Pedagogia, nem como examinam a Sociologia ou a Antropologia.

Mas, ao olhar também para o nosso lado interno, ela pode nos auxiliar na rota do autoconhecimento. E aqui cabe recorrer a Sócrates, em frase por ele difundida de forma extensa: “Conhece-te a ti mesmo”. Isto é, olhar, refletir, pensar, para não ter uma vida automática, robótica, servil. É a ideia de uma existência que tenha consciência.

(...)

Trecho retirado do livro "Filosofia e Nós Com Isso?".

Outros Artigos